Editorial

Editorial

Todos juntos para sermos mais fortes

 

Ao atrair público estimado em 100 mil pessoas e considerado o maior evento de Odontologia a nível mundial, o 36º CIOSP superou as expectativas e transformou-se no palco da Odontologia brasileira. Mas os números, apenas, não mostram o que foi realmente o evento, que congregou cirurgiões-dentistas e lideranças da profissão e empresários do Brasil, da América Latina e mundial. Por estas razões, voltamos a destacar o papel do congresso para a Odontologia brasileira, sendo celeiro de discussões importantes para toda a nossa classe, com programação científica de peso, agenda institucional e política que abarcou todos os aspectos do setor, sem deixar de lado a participação ativa do cirurgião-dentista em todos os momentos, indo além da feira comercial para ser palco de amplos debates que devem conduzir a Odontologia durante todo este ano.

FDI-ABCD-Laro – Destaque para a presença ativa, do início ao encerramento do 36º CIOSP, da presidente da Federação Dentária Internacional (FDI), Kathryn Kell, dos Estados Unidos. A entidade máxima da Odontologia reúne 200 países ao redor do mundo, na qual a ABCD representa o Brasil. Entre as decisões tomadas na presença da FDI, está a assinatura de Documento de Intenção entre a entidade internacional, a Latin American Regional Organization (Laro), presidida pela panamenha Lupe Salazar Zurita e a ABCD estabelecendo bases e linhas de trabalho conjunto para troca de informações, colaboração recíproca, organização de projetos de Saúde Bucal e ações para facilitar a participação dos membros da América Latina em eventos e congressos para a integração e melhor comunicação com a entidade mundial. A ABCD passa a fazer parte da Latin American Regional Organization (Laro) e em entrevista à ABCD, a presidente da FDI explicou que os demais países latino-americanos também vão se integrar à FDI, com direito a voto nas Assembleias Gerais da entidade internacional. Sobre o CIOSP, ela disse ser a primeira vez que presenciava um congresso dessa qualidade. “Está entre os melhores do mundo e é uma honra estar aqui para falar com líderes deste lindo País”, disse. Vemos essas declarações da Kathryn Kell com muita alegria, mas também enorme responsabilidade. Este é o impulso exigido que vai dar robustez a Laro e às relações entre os países da América Latina e a Odontologia Global. Vamos reagrupar e finalizar este trabalho que nos encanta. Entendemos o papel que representa a Laro, que foi reconquistada e agora se consolida incorporada à FDI. Fóruns, intercâmbio, informações sobre Saúde Pública e Saúde Bucal, congressos, ganhamos o mundo e o objetivo continua sendo a Saúde Bucal da população.

A Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas sente-se motivada e orgulhosa por conseguir acelerar este processo que dará mais força à região latino-americana, pois cada país filiado a Laro representa um voto a mais nas decisões a serem tomadas nas assembleias da FDI. Mais força, mais dinamismo, mais saúde. Estes momentos não poderiam ser mais especiais e mais uma vez provam que é a união que nos tornará mais unidos e mais fortes.

Silvio Cecchetto
Presidente da ABCD

2018-04-09T10:58:32+00:00 abril 9th, 2018|Categories: Eventos, Notícia|0 Comentários