Junho/2017

//Junho/2017
Junho/2017 2017-07-17T12:18:43+00:00

Project Description

Confira alguns dos nossos últimos destaques
 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIRURGIÕES-DENTISTAS


A n o  I I  -  J u n h o    2 0 1 7

Editorial

 

Mudanças bem-vindas

A maior interlocução da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD) com lideranças odontológicas e políticas se deve, com certeza,  pela aproximação de nossas entidades, em todos os níveis.  Sempre defendemos a máxima que dita as relações da ABCD com os diversos setores – associados temos mais força – porque é desta união que nasce não só a força, mas também maior entendimento entre todos, maior dedicação às causas da Odontologia, maior saúde bucal para a população e maior valorização da Odontologia.

Neste ABCD Online vemos exemplos que nos demonstram que não são necessárias grandes estratégias, mas atuação pontual e precisa para ampliar nossa rede de ações (destaco  aqui cidades e eventos de todos os naipes, grandes e pequenos – São Paulo, Guarulhos,  Itu, Assis, Pradópolis, só para citar algumas). Com gestão enxuta, a própria Campanha Sorria para a Vida  - que é o cartão de visita da ABCD – prova isso. De ação em ação – e vamos partir  para a 60ª  - vemos ampliados os horizontes que nos permitirão não apenas crescer como entidade, mas estender os benefícios da conscientização sobre saúde bucal e a prevenção do câncer bucal em dados exatos que nos impulsionam cada vez mais longe e com maior satisfação, e principalmente, saber que estamos cumprindo um dever.

Dever, sim, porque é missão da ABCD estar ao lado do cirurgião-dentista, sempre, valorizar nossas entidades coirmãs e, com forte atuação, dar atenção especial à saúde bucal do povo brasileiro. Com satisfação, temos visto que vale a pena. A cada vez que formos procurados, vamos encontrar um meio de atuar no sentido de fazer um bom  e eficiente trabalho. 

Experimente você também – e aqui me dirijo a todas as Seções da ABCD, às Regionais da APCD e demais Regionais da ABCD a fazer parte deste movimento.

Silvio Cecchetto
Presidente da ABCD

Wilson Chediek
Presidente eleito da APCD

 

“Valorização da Odontologia só acontecerá
quando valorizarmos o cirurgião-dentista”

Eleito em um momento de crise política e moral pela qual passa o Brasil, Wilson Chediek relembra que a APCD é centenária, além de ser uma das entidades mais importantes da Odontologia. Agora sob sua Presidência, quer fazê-la mais forte ainda e esta força tem que vir do associado. “O engajamento dos associados e o comprometimento de buscarmos novos sócios para a APCD, é fundamental para a excelência da Odontologia brasileira, já reconhecida mundialmente pela competência técnico-científica, que deve se aliar à excelência de seu profissional, não tão valorizado quanto deveria”, destaca o novo presidente.

 Temos que nos organizar melhor - diz -, conquistar e ocupar novos espaços, ampliando assim o mercado de trabalho, contribuir para a formação de novas lideranças, traçar programas que possam suprir as deficiências na formação, orientando os recém-formados e os colegas formados há mais tempo, para que possam minimizar os riscos no relacionamento com pacientes, colegas, operadoras e empregadores. A busca constante para aumentarmos a presença dos profissionais de saúde bucal nas diversas esferas do serviço público é fundamental. Este é o nosso foco, e para isso, nosso objetivo é oferecer aos nossos associados uma diretoria atuante também nas áreas científica, social e cultural.

 Juntos somos mais fortes - Chediek aponta que a APCD vai intensificar o estreitamento de relação com todas as entidades odontológicas. “A APCD é uma Seção da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD). A ideia é interagir com todas as Seções e Regionais, trabalhar os projetos de âmbito nacional em ações que favoreçam o cirurgião-dentista, em conjunto com a ABCD – Silvio Cecchetto é o nosso vice -, com o CRO-SP e também com os sindicatos. Devemos fazer parcerias no serviço público e privado, de modo que cada entidade possa desenvolver sua função legal com o mesmo objetivo: fortalecer a Odontologia e valorizar os profissionais de saúde bucal.”

 Formação - Ponto relevante defendido por Chediek é elaborar um trabalho associado às faculdades para, em parceria com os professores, preparar os futuros colegas durante a graduação, em atividades extras, para o mercado de trabalho. Citando um exemplo, ele conta que há 37 anos cursou 4 anos de Odontologia em período integral, na Unesp Araraquara e naquela época não havia muitas das especialidades praticadas e ministradas hoje, sequer a diversidade de materiais odontológicos disponíveis no mercado, sem falar da biossegurança. “Pergunto-me: como formar hoje um profissional bem qualificado, em curso de período  noturno, com praticamente metade da carga horária de 37 anos atrás?”

Teste de Progresso e Exame de Proficiência  - Dentre as inúmeras discussões sobre o tema, há a real necessidade de avaliação da eficácia e eficiência do ensino àqueles que aderem à carreira de cirurgião-dentista. Atualmente, acompanhamos o estudo de dois modelos de avaliação: o teste de progresso, não obrigatório e iniciado este ano pelo CROSP, que consiste na avaliação contínua do aluno durante o seu processo formativo; o exame de proficiência, ainda em fase de formatação, seria aplicado após a graduação, como adotado nos Estados Unidos, onde o CD é obrigado a assistir certa carga horária de palestras ou cursos, anualmente, para poder revalidar a sua licença.

Não se trata de defender um ou outro modelo – enfatiza Chediek - mas sim de incentivar que haja avaliações pontuais e que estas apresentem resultados norteadores para o aperfeiçoamento considerável do processo formativo do profissional da saúde. Esses sistemas de avaliação podem corrigir e evitar falhas na formação - como é feito no mundo todo.  A ADA, por exemplo, para que o profissional possa se atualizar constantemente e exercer de forma correta a Odontologia, no sentido de bem atender a população, com foco na saúde e não apenas na doença, realiza um sistema de avaliação específico. Esse processo não visa a punição, mas a conscientização de que a formação necessita de um olhar cuidadoso constante, pois é responsabilidade de todos a qualidade dos cirurgiões-dentistas inseridos anualmente no mercado brasileiro. E nesse aspecto – aponta o presidente eleito da APCD - a imprensa tem função primordial a exercer, devendo dar importância e espaço também à saúde e não apenas à doença na divulgação dirigida à sociedade.

Experiência classista e políticaGraduado em 1979 pela Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) - Campus Araraquara e com especialização em Prótese Dentária, Wilson Chediek tem intensa atuação na vida institucional e política da Odontologia. Sempre comprometido com ideais capazes de projetar a Odontologia como importante profissão da saúde, gerando  consequente benefício à população, Chediek  tem como forte marca o envolvimento com diversas entidades da área, sendo conselheiro efetivo do CRO-SP, presidente da Comissão de Ética e ex-delegado Secccional em Araraquara do mesmo Conselho. É membro do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (ComSaúde-Fiesp). Também na vida pública exerceu o cargo  de coordenador de Saúde Bucal (2008-2016), ex-secretário Municipal de Saúde, e ex-membro do Conselho Municipal de Saúde, todas as funções em sua terra natal, Araraquara e, também, 1º tesoureiro da Federação Nacional dos Odontologistas (FNO). De seu currículo consta ainda ter ocupado cargos no Sindicato dos Odontologistas de Araraquara e Região (Soar), Comissão de Convênios e Credenciamentos (CNCC), presidente do 32º Congresso Internacional de Odontologia- CIOSP 2014, ex-conselheiro da ABCD, ex-vice-presidente da APCD, ex-presidente da APCD Regional Araraquara e ex- diretor da Escola de Aperfeiçoamento Profissional da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – APCD Regional Araraquara.

 

Mais Notícias

 

ABCD e CRO-SP têm reunião com
prefeito e lideranças da Odontologia

O presidente da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD), Silvio Cecchetto e o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo  (CRO-SP) Claudio Miyake, mantiveram reunião com o prefeito de Itu, Guilherme Gazzola (ao centro, na foto). Em pauta, empenho em estreitar laços entre as entidades e o município para possíveis parcerias relacionadas às ações de prevenção de câncer bucal, englobadas pela Campanha Sorria para a Vida.

Antes do encontro no Gabinete do Prefeito, a comitiva participou da palestra gratuita de atualização profissional “Otimizando a prática clínica – Materiais e Técnicas Simples  para obter maior estética e longevidade nas restaurações diretas”, proferida pelo cirurgião-dentista e professor Fabio Martins Salomão, especialista em Prótese Dentária (Unesp) e mestre em Odontologia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL).

O evento foi promovido pela Coordenação de Saúde Bucal do Município, com a participação do diretor da APCD Regional Itu Divaldo Prado e os cirurgiões-dentistas Antonio Eugênio Barbosa e Manoel Guardia.


Assis recebe pela 1ª vez a
Campanha Sorria para a Vida

 

A cidade de Assis, a 430 km de São Paulo, recebeu pela primeira vez a Campanha Sorria para a Vida, com a equipe da Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas que foi responsável pelo atendimento em unidade móvel de 113 pessoas, na Praça Arlindo Luz. Cirurgiões-dentistas voluntários foram os responsáveis pelos diagnósticos que identificaram 4 lesões suspeitas, cujos pacientes foram encaminhados para exame aprofundado e tratamento em entidades que apoiam o evento. Integraram a equipe também o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CRO-SP), Associação Paulista de Cirurgiões-dentistas Regional Assis, que teve parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Assis.

O prefeito José Fernandes (na foto de camisa azul) esteve presente, sendo recebido pelas autoridades de Odontologia. "É muito importante a realização de momentos como este, onde podemos repassar à sociedade a necessidade de cuidar da saúde de nossa boca, em especial contra o câncer bucal, que na maioria das vezes acomete tantas pessoas por falta de conhecimento na sua prevenção", afirmou o prefeito.

A ação reuniu o presidente da ABCD, Silvio Cecchetto, o presidente do CROSP, Cláudio Miyake, a coordenadora das UBS, Josiane Batista e o coordenador da Saúde Bucal Marcelo Gomes, entre outros colaboradores da Saúde em Assis. 

Equipes das UBS, ESF e Gipa também participaram da Sorria para a Vida, dando orientação sobre higiene bucal, aferição de pressão, testes de glicemia e entrega de material educativo. Teve também distribuição de kits de higiene bucal, o que faz parte da ação em todos os locais em que há atendimento à população.


Pradópolis, na rota da campanha
de prevençãodo câncer bucal da ABCD

A cidade de Pradópolis já faz parte, agora, da rede de quase 60 localidades que receberam ações da Campanha Sorria para a Vida  coordenadas pela Associação Brasileira de Cirurgiões-dentistas (ABCD). No total, apenas em 2017 já foram feitos exames de diagnóstico precoce de câncer bucal em cerca de 1.200 pacientes.

A Sorria para a Vida prossegue durante o ano inteiro, até dezembro, com realização conjunta da Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo), Conselho Regional de Odontologia – São Paulo (CRO-SP) e Associação Paulista de Cirurgiões-dentistas (APCD).

Quer fazer parte?

Fale com a Coordenação da Sorria para a Vida

(11) 981829124 / jrlourenco@editabr.com.br